//Virtude da gratidão

Virtude da gratidão

Uma afável virtude, gratidão. Paulo, o apóstolo, enfatizou: “dando sempre graças por tudo a nosso Deus e Pai, em nome de nosso Senhor Jesus Cristo.” (Efésios 5, 20). Quem se presa por ser de Cristo, necessita evidenciá-la no cotidiano; esta é a exortação das Sagradas Escrituras.

Do ponto de vista prático, ser grato é uma decisão diária. Todos os dias você praticará atitudes de gratidão. Assim, será agradecido nas diversas áreas de sua vida, sejam relações pessoais, profissionais, ministeriais etc. Tudo isso, consequentemente, é o reflexo da gratidão que você tem para com Deus.

Em outras palavras, imagine a lamentável situação onde a pessoa agradece a Deus pelo relacionamento, mas a relação desenvolvida é ofendendo, humilhando, abusando moralmente do par. Adianta dizer que é grato a Deus pelo relacionamento?

Do que adiantará “dar graças” a Deus pela porta profissional, se há atrasos constantes; se a maior parte do tempo de trabalho é vivido em redes sociais sem execução das tarefas; se é sempre o pivô de fermentação nos corredores da empresa?

Outrossim, há um impacto muito negativo ao Reino de Deus quando uma pessoa que se compromete em servir numa comunidade onde inclusive “dá graças em orações”, mas mantém atitudes de discordância expostas de uma forma covarde e cruel na internet ou em prosas com a membresia.

Afirmo que existe esperança para você que não desenvolveu esta virtude que estamos tratando, é possível mudar. Você pode ser transformado pela sua própria força de vontade.

Comece com pequenas atitudes. Por exemplo, se pensou em gritar com o companheiro, pare na hora. Respire. Conte até dez. Antes de se irritar faça uma silenciosa oração em gratidão pela vida dele. Verá que cada vez que decidir assim, terá mais controle.

Em seu trabalho, passe a se recordar diariamente do quanto lutou por uma porta profissional a ser aberta. Se recorde de como chegou lá. Dê graças sempre quando chegar para trabalhar, se afaste de pessoas negativas em todos os lugares e principalmente em ambiente profissional.

A child praying inside the church

Se está numa denominação, foque no compromisso espiritual em servir a Deus, nas vidas salvas, nas pessoas que um dia confiaram em você neste lugar em que está; não pague com ingratidão o bem que lá viveu.

Medite no texto: “Vós, servos, obedecei em tudo a vosso senhor segundo a carne, não servindo só na aparência, como para agradar aos homens, mas em simplicidade de coração, temendo a Deus. E, tudo quanto fizerdes, fazei-o de todo o coração, como ao Senhor e não aos homens.” (Colossenses 3, 22-23).

Esta era uma relação referente a servidão. Mesmo assim, Paulo encoraja a um serviço de excelência e tudo fazer como se fosse para o Senhor e não aos homens. Se a postura do crente deveria ser assim ainda que fosse escravo em relação ao seu proprietário, quanto mais para aqueles que desejam fazer a obra de Deus dentro de uma comunidade cristã.

Seja grato em tudo e verá sua vida ser transformada radicalmente!

Pastor Marcos Gladstone

tags: gratidão virtude cristã jesus reino de Deus